E.M.I.C.I.D.A – Música de verdade.

Música é um gosto bem pessoal. Porém como no mundo automotivo em que eu e meus coleguinhas vive-mos, o que rola é hip-hop, rock, reggaeton, e digamos assim a maioria dos ritmos puxam entre México, Europa em geral e USA.Mas graças ao bom Deus hoje em dia o Brasil está em destaque total na mídia musical “underground” por assim dizer.E um dos maiores nomes dessa evolução é EMICIDA. Brasileiro, Leandro Roque de Oliveira (SP- 17 de Agosto de 1985), é rapper, repórter e produtor de suas próprias músicas. Revelação do Hip-Hop do Brasil nos últimos 3 anos, famoso pelas rimas nas batalhas de improvisação, os amigos falavam que ele era o assassino dos adversários quando ia para batalhas. Daí surge o nome, que também é uma sigla bem interessante:  E.M.I.C.I.D.A (Enquanto Minha Imaginação Compor Insanidades Domino a Arte).O mundo conheceu mais afinco o trabalho de Emicida a partir do clipe TRIUNFO, que literalmente BOMBOU nas redes sociais e sites sobre música. Em 2009 veio a mixtape “Pra quem já mordeu um Cachorro por Comida, até que eu Cheguei Longe…”, pela gravadora independente Laboratório Fantasma. EM 02/2010, seu segundo trabalho chamou a atenção da crítica pela postura cultural, “Sua Mina Ouve Meu Rep Tamém“, onde foi lançado no formato EP. Em 15 de Novembro do mesmo ano, lança ao mercado a mixtape “Emicídio”, que também é o nome de um dos single’s do mesmo. A parte repórter na vida de Emicida fica por conta das ótimas matérias e reportagens para o programa Manos & Minas da TV Cultura.Essa é uma história bem resumida de onde começou a aparecer e brilhar a estrela desse rapaz que tem talento pra baralho. Sua carreira começa lá pelos anos 90, com muito suor e dor por tudo que já passou.Fica a dica de um ótimo som pra curtir na caranga, letras criativas, realistas e que contam o cotidiano de uma pessoa que viveu na pele a realidade da vida dura de verdade.Abaixo segue Clipe TRIUNFO e o trabalho feito junto com a banda NXZERO, onde ao meu ver, ficou realmente interessante, pela primeira vez A RUA foi até o prédio do BOY, sentou e explicou que lá é só saber andar que nada de mal vai lhe acontecer. (Deus queira que entendam isso bem…hehe)

Valeu? A RUA É NÓIS!

Sobre Min.B Kings

Clube de gente grande.
Esse post foi publicado em Cultura, Matéria, Música e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s